This is the home banner of the PHIM project.
This is the home banner of the PHIM project.
This is the home banner of the PHIM project.
This is the home banner of the PHIM project.
Descubra o Património dos Mármores

A aplicação «PHIM - Realidade Aumentada» ajudará a descobrir e visitar pontos de interesse sobre o património dos Mármores com recurso à realidade aumentada.

This is the home banner of the PHIM project.
MECENATO CULTURAL

Apoia a CULTURA

Para mais informações clique aqui.

Bem-vindo

ao Portal do Património e História da Indústria dos Mármores.

O Centro de Documentação PHIM disponibiliza toda a informação sobre a indústria das rochas ornamentais.

Agenda

This is one of the latest events of the PHIM project.
EXPOSIÇÃO: "Restauração e a fortificação moderna: Nicolau de Langres e as praças do Alentejo"
Mais informação
This is one of the latest events of the PHIM project.
Turismo Industrial: Algarve e Alentejo convertem indústria em "motivação de visita"
Mais informação
This is one of the latest events of the PHIM project.
1.º Encontro Nacional da Comunidade de Utilizadores da Plataforma CLAV
Mais informação
This is one of the latest events of the PHIM project.
João Cutileiro - Da incessante honestidade
Mais informação
This is one of the latest events of the PHIM project.
XXII Bienal Internacional de Arte de Cerveira
Mais informação
This is one of the latest events of the PHIM project.
FÓRUM DO PATRIMÓNIO 2022
Mais informação
This is one of the latest events of the PHIM project.
XIX CONGRESO SEDPGYM. CUEVAS DEL ALMANZORA 2022
Mais informação
This is one of the latest events of the PHIM project.
XXIV Jornadas Internacionales de Patrimonio Industrial, organizadas por INCUNA
Mais informação
This is one of the latest events of the PHIM project.
Pós-Graduação em Arquivística Histórica - FCSH
Mais informação
This is one of the latest events of the PHIM project.
EdA - ENCONTROS D'ARTE
Mais informação
This is one of the latest events of the PHIM project.
Workshop international TPTI "Paysages techniques : approches croisées"
Mais informação
This is one of the latest events of the PHIM project.
À descoberta do "Ouro Branco". Caderno de educação patrimonial
Mais informação
<
>

Vídeo

Exposição Temporária Virtual

EXPOSIÇÃO: "Restauração e a fortificação moderna: Nicolau de Langres e as praças do Alentejo"
This is one of the latest events of the PHIM project.

EXPOSIÇÃO -"Restauração e a fortificação moderna: Nicolau de Langres e as praças do Alentejo"

BIBLIOTECA NACIONAL DE LISBOA

Mostra "Restauração e a fortificação moderna: Nicolau de Langres e as praças do Alentejo", com a curadoria de Margarida Valla, investigadora do ARTIS-IHA.

Patente de 2 de Agosto a 1 de Outubro de 2022, na Biblioteca Nacional de Portugal.

Mais informação (+)http://http://www.bnportugal.gov.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=1719%3Arestauracaoeafortificacaomoderna&catid=173%3A2022&Itemid=1714&lang=pt

 

 

Turismo Industrial: Algarve e Alentejo convertem indústria em "motivação de visita"
This is one of the latest events of the PHIM project.

Nova aposta do Turismo de Portugal, que junta Entidades Regionais de Turismo, autarquias e parceiros públicos e privados, vem complementar a oferta turística já existente e tem como missão diferenciar e valorizar os destinos através dos saberes associados à atividade industrial. Regiões de Turismo do Algarve e do Alentejo comprometem-se a agregar mais recursos à oferta atual do programa e a atribuir-lhes uma "nova leitura".

Diferenciar o destino, resgatar a sua identidade e atribuir-lhe uma nova dinâmica: eis a trilogia que norteia o projeto de turismo industrial, a nova aposta do Turismo de Portugal para promover uma oferta regional baseada em experiências relacionadas com atividades desenvolvidas em locais de indústria e que estejam associadas a um produto ou processo produtivo. Quem o explica ao Dinheiro Vivo é João Fernandes, presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA), que vê neste segmento uma oportunidade para distinguir o território, "que concorre no espaço mais competitivo do mundo em termos turísticos, o mediterrânico".
A ideia de uma Rede Portuguesa de Turismo Industrial (RPTI) consolidou-se em janeiro de 2020, quando o Turismo de Portugal lançou o "Programa de Estruturação da Oferta de Turismo Industrial", cuja implementação ficou a cargo de um então criado Grupo Dinamizador, constituído pelas Entidades Regionais de Turismo (ERT), respetivas autarquias e outros parceiros públicos e privados.
Até ao momento, a região do Alentejo e Ribatejo totaliza 30 recursos na rede, que vão da indústria extrativa - pedreiras de mármore (Rota do Mármore, Vila Viçosa), e extração de sal e areias (Rio Maior) - à indústria agroalimentar, representada pela Sumol/Compal (Almeirim), Oliveira da Serra (Ferreira do Alentejo) e Centro de Ciência do Café (Campo Maior). Os visitantes podem encontrar ainda outras áreas de produção, como as tradicionais mantas da Fábrica Alentejana de Lanifícios (Reguengos de Monsaraz).
1.º Encontro Nacional da Comunidade de Utilizadores da Plataforma CLAV
This is one of the latest events of the PHIM project.

A Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB) vai realizar o 1º Encontro Nacional da Comunidade de Utilizadores da Plataforma CLAV, no dia 14 de setembro de 2022, na Torre do Tombo, em Lisboa.

O Encontro tem como objetivos divulgar a atual metodologia e instrumentos de classificação e avaliação da informação pública, dar a conhecer a Plataforma CLAV (https://clav.dglab.gov.pt), criada pela DGLAB, enquanto recurso tecnológico para fomentar a interoperabilidade semântica na Administração Pública (AP), promover a auscultação e o acompanhamento da sua comunidade de utilizadores, e debater questões relevantes em torno da implementação de novos modelos de gestão da informação pública.

Para se inteirar do Programa do Encontro e dos resumos das comunicações que vão ser apresentadas, bem como de um evento Pré-Encontro (facultativo), convidamo-lo a visitar o novo sítio web: https://conhecer-clav.dglab.gov.pt/ , principalmente a página 1.º Encontro Nacional CLAV .

A participação é gratuita mas está sujeita a inscrição prévia, a qual pode ser realizada até ao dia 8 de setembro de 2022, através da Plataforma Eventbrite: https://www.eventbrite.com/e/bilhetes-1o-encontro-nacional-da-comunidade-de-utilizadores-da-plataforma-clav-349185823197.

O número de lugares é limitado. Inscreva-se já!

 

João Cutileiro - Da incessante honestidade
This is one of the latest events of the PHIM project.
Numa coorganização entre o Solar das Bouças e o Centro de Arte João Cutileiro fez-se realidade a exposição "João Cutileiro - Da incessante honestidade"
De 17 de julho a 30 de setembro (11h-17h) visitem-nos na Galeria Solar das Bouças e conheçam a obra plural deste nome maior da arte portuguesa!
XXII Bienal Internacional de Arte de Cerveira
This is one of the latest events of the PHIM project.

16 de julho a 21 de dezembro 2022

Assinalando 44 anos, a bienal de arte mais antiga da Península Ibérica, uma das estruturas de programação artística contemporânea mais relevantes do país, quer agir e colocar os artistas a pensar o mundo e as suas emergências globais.
Refletir sobre questões urgentes como o ambiente e a sustentabilidade é o desafio que é lançado à comunidade artística e ao público em geral: “???????? ???????????????? ???????????????? ???????????????????????? / ???????????????????????????? ????????????????!”.

Apoio: República Portuguesa - Cultura / Direção-Geral das Artes

FÓRUM DO PATRIMÓNIO 2022
This is one of the latest events of the PHIM project.

EVENTOS:
O Fórum do Património é uma iniciativa que se vem reunindo anualmente desde 2017, com o objetivo de unir organizações não-governamentais de defesa e preservação do património cultural e ambiental.

Como tal, é um espaço de diálogo, de cooperação e de intervenção, mas também, e sobretudo, de exercício de cidadania.

Já há algum tempo que vivemos uma pressão sobre o património, sobretudo o construído, e não só, transformando-o em objecto económico meramente lucrativo, principalmente através da sua total turistização, só possível pela priorização prosseguida pelas diversas administrações, salvo raras excepções.

O pretexto é sempre o mesmo: promovem o “desenvolvimento”; criam postos de trabalho. Como se esta fosse a única via; como se a médio / longo prazo essas “soluções” não tivessem custos elevados, quer do ponto de vista cultural, quer social e também económico.

Este tem sido um problema que se reproduz localmente, mas pela forma como se generalizou, tornou-se um problema global.

Neste sentido compete às organizações que promovem a defesa do património concertarem formas de atuação de modo a contrariar esta tendência destruidora. Seja com suporte nas convenções a que Portugal está obrigado, seja por legislação própria, existem inúmeras possibilidades para ter uma voz ativa, cada vez mais necessário tendo em conta o processo de “descentralização” em curso, que afeta também os organismos da administração que tutelam a cultura.  

Contudo, estas ações só terão verdadeiramente eficácia se, a montante, conhecermos o património que temos, de que todos somos, inevitavelmente, depositários. É um conhecimento que implica a sua transformação em objetos significantes, a partir dos quais se constroem narrativas com significado para as respectivas comunidades. Naturalmente que isso só é possível se for assegurado a sua preservação material.

É este processo transformador, de valorização do particular num contexto em que quase tudo é uniformizado, que constitui a maior mais-valia da preservação doPara inscrições: https://forms.gle/w1zNJGXC3H63F8fA7 património. Aquilo a que chamam globalização passa também pelo que é diferente, pela afirmação dos elementos específicos, sejam de natureza material, ou imaterial, e pela sua apropriação.

Daí que se torne tão importante uma intervenção educativa, a todos os níveis, incluindo, e com especial enfoque, ao nível da população escolarizada e, até, dos próprios curricula

Para inscrições: https://forms.gle/w1zNJGXC3H63F8fA7

XIX CONGRESO SEDPGYM. CUEVAS DEL ALMANZORA 2022
This is one of the latest events of the PHIM project.

XIX CONGRESO INTERNACIONAL SOBRE PATRIMONIO GEOLÓGICO Y MINERO. XXIII SESIÓN CIENTÍFICA DE LA SEDPGYM

GEOLOGÍA Y MINERÍA EN LOS SIGLOS XIX Y XX: PAISAJES, HISTORIA Y PATRIMONIO
Cuevas del Almanzora (Almería), 29 de septiembre a 2 de octubre de 2022

Para mais info: http://www.sedpgym.es/actividades/congresos/212-xix-congreso-internacional-sobre-patrimonio-geologico-y-minero-xxiii-sesion-cientifica-de-la-sedpgym

XXIV Jornadas Internacionales de Patrimonio Industrial, organizadas por INCUNA
This is one of the latest events of the PHIM project.

EVENTOS:

Las XXIV Jornadas Internacionales de Patrimonio Industrial, organizadas por INCUNA con la colaboración de diversas instituciones públicas y privadas, llevan por título “Sitios Industriales y Obra Pública. De lo local a lo universal”, se celebran este año 2022 en los espacios de la Laboral Ciudad de la Cultura en Gijón (Asturias) – España.

En esta ocasión el evento conmemora el 50 aniversario de la Convención de París de 1972, cuando la UNESCO aprobó su importante resolución sobre la protección del patrimonio cultural y natural, y tratará de reflexionar y debatir el estado del patrimonio industrial y de la obra civil o pública relacionada con el mismo, tanto en lo referente a la nominación y gestión de sitios y lugares en el mundo relacionados con la memoria industrial, como también la situación de muchos otros elementos, conjuntos, paisajes y patrimonio industrial, material e inmaterial tenga importancia local o regional y no esté incluido en la Lista Representativa del Patrimonio Mundial de Unesco. Por ello el lema de “lo local a lo universal”.

Lugar: Laboral Ciudad de la Cultura
Gijón (Asturias), 28 de septiembre a 1 de octubre de 2022

Informação (+) https://incuna.es/jornadas-internacionales-de-patrimonio-industrial/jornadas-2022/

Pós-Graduação em Arquivística Histórica - FCSH
This is one of the latest events of the PHIM project.

FORMAÇÃO

(2022/23 - 2ª EDIÇÃO) - Apresentação

A Pós-Graduação em Arquivística Histórica, que decorre ao longo de dois semestres, oferece formação teórica e prática numa área de estudos inovadora e emergente que promove uma abordagem interdisciplinar entre a História, a Ciência da Informação e a Ciência Arquivística. O primeiro semestre tem um carácter teórico-prático e é composto por unidades curriculares letivas. O segundo semestre tem um carácter prático e é composto por um projeto em Arquivística Histórica e por um seminário de acompanhamento de projeto. Os trabalhos finais de projeto compreendem o estudo, tratamento e descrição de arquivos de variada tipologia e serão disponibilizados em acesso aberto no website de Arquivística Histórica da NOVA FCSH.

Toda a pós-graduação pode ser feita remotamente, com aulas e tutorias por zoom, em horário pós-laboral, o que lhe confere grande valia para quem está fora de Lisboa.

Informações (+) https://www.fcsh.unl.pt/cursos/pos_graduacao_em_arquivistica_historica/

EdA - ENCONTROS D'ARTE
This is one of the latest events of the PHIM project.

Evento:

O Centro de Estudos CECHAP, através do projeto Património e História da Indústria dos Mármores, em colaboração com o Restaurante Videira Country e os artistas, Filipe Mirante, Jorge Barroso e Jorge Freire, todos naturais do concelho de Borba, vão realizar uma exposição colectiva  sob o tema, EdA - ENCONTROS D'ARTE que será inaugurada no próximo dia 24 de junho-2022, no Restaurante Videira Country.

 

 

Workshop international TPTI "Paysages techniques : approches croisées"
This is one of the latest events of the PHIM project.

Eventos internacionais:

Workshop international TPTI irá ter lugar dia 26 de Setembro 2022 em Paris, com o tema "Paisagens técnicas, aproximações cruzadas", organizado pela Universidade de Évora.

Informação (+) https://www.tpti.eu/fr/activites-scientifiques.html

À descoberta do "Ouro Branco". Caderno de educação patrimonial
This is one of the latest events of the PHIM project.

Lançamento

Já se encontra disponível o primeiro caderno de educação patrimonial, em versão digital em inglês com o título: «À Descoberta do "Ouro Branco"»

O caderno ilustrado que se encontrava disponível em versão portuguesa em suportes de papel e digital, destinado ao público do 1.º e 2.º ciclo escolar, foi agora editado em versão inglesa, no âmbito da 3ª Fase do estudo dedicado ao «Património e História da Indústria dos Mármores».

Este projeto foi apoiado pelo Programa Operacional Regional do Alentejo 2020, com a referência ALT20-08-2114-FEDER-000213, sendo a comparticipação financeira FEDER.

Consultar (+) https://www.marmore-cechap.pt/publications